Doria dá chilique ao ouvir da plateia que estava inaugurando programa de Dilma

Doria entregava as chaves do Programa Minha Casa Minha Vida às mulheres contempladas quando soltou a frase: “A força da mulher ninguém segura”. Foi o suficiente para ouvir da plateia um grito em resposta: “Força da Dilma para fazer as casas”.

2908 0

Doria entregava as chaves do Programa Minha Casa Minha Vida às mulheres contempladas quando soltou a frase: “A força da mulher ninguém segura”. Foi o suficiente para ouvir da plateia um grito em resposta: “Força da Dilma para fazer as casas”.

Da Redação com Informações do Painel da Folha

O prefeito de São Paulo, João Doria, entregava, na manhã desta quarta-feira (29), as chaves do Programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal às mulheres contempladas quando soltou a frase: “A força da mulher ninguém segura”. Foi o suficiente para ouvir da plateia um grito em resposta: “Força da Dilma para fazer as casas”.

Foi o suficiente para Doria, mais uma vez, perder as estribeiras e dar outro de seus costumeiros chiliques. Começou a gritar com o rapaz: “Vai procurar a sua turma lá em Curitiba”.

E acrescentou: “Olha aqui, vou aproveitar para dizer para você, que veio aqui tentar estragar a festa dessas famílias, que elas não estão de acordo com você”, iniciou, com dedo em riste. “Golpista é quem rouba dinheiro público, golpista é quem rouba o povo”, continuou, ignorando solenemente que vários dos seus correligionários, inclusive o governador Geraldo Alckmin, presente à cerimônia, foi citado em delação da Odebrecht como tendo recebido R$ 2 milhões em dinheiro vivo nas campanhas de 2010 e 2014.



No artigo

x