Irmã de Aécio grava vídeo chorando e diz que capa da Veja é mentira

Jornalista Andrea Neves se defendeu das acusações de ex-presidente da Odebrecht de que ela teria uma conta com sede em Nova York para receber propinas da empreiteira direcionadas ao senador tucano Por Redação...

1125 0

Jornalista Andrea Neves se defendeu das acusações de ex-presidente da Odebrecht de que ela teria uma conta com sede em Nova York para receber propinas da empreiteira direcionadas ao senador tucano

Por Redação

A jornalista Andrea Neves divulgou um vídeo se defendendo das acusações do ex-presidente da Odebrecht Benedicto Junior de que ela teria uma conta com sede em Nova York para receber propinas da empreiteira direcionadas a seu irmão, o senador Aécio Neves (PSDB-MG). As informações sobre a delação premiada do executivo foram publicadas em uma reportagem da revista Veja nesta semana.

Chorando, Andrea afirmou que a denúncia não tem embasamento e a atingiu “de forma covarde”. “É mentira e nós vamos provar”, disse. Aécio também gravou um vídeo rebatendo as acusações. “Reagirei sempre com a indignação dos homens de bem, dos homens honestos e isso será desmascarado cabalmente”, argumentou.

De acordo com Benedicto, os valores foram pagos ao tucano como contrapartida ao atendimento de interesses da construtora em empreendimentos como a obra da Cidade Administrativa do governo mineiro, realizada entre 2007 e 2010. Também teria havido intervenção dele na construção da usina hidrelétrica de Santo Antônio, em Rondônia, de cujo consórcio participa a Cemig, a estatal mineira de energia elétrica.



No artigo

x