Motociclista morre na Marginal. É o oitavo desde que Doria aumentou a velocidade

A CET informou que "as circunstâncias do acidente estão sendo apuradas, assim como todas as ocorrências que envolvem vítimas".

908 1

A CET informou que “as circunstâncias do acidente estão sendo apuradas, assim como todas as ocorrências que envolvem vítimas“.

Da Redação com Informações do G1

Um motociclista de trinta anos morreu em um acidente na Marginal Pinheiros, na Zona Sul de São Paulo, na madrugada deste sábado (8). De acordo com dados da Polícia Militar, foi a oitava morte de motociclistas nas marginais desde 25 de janeiro, quando o prefeito João Doria aumentou as velocidades máximas permitidas na via. O motorista do carro fugiu do local.

O acidente aconteceu perto da Ponte Itapaiúna, no sentido Interlagos. O analista Ronaldo Vidal Lima chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas não resistiu.

Testemunhas que trabalham próximo ao local ouviram um barulho e viram o rapaz já caído no chão ao lado da moto.  O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor no 89º Distrito Policial Portal do Morumbi.

A CET informou que “as circunstâncias do acidente estão sendo apuradas, assim como todas as ocorrências que envolvem vítimas”.

Segundo a Companhia, a primeira morte ocorreu no dia 14/2, na pista expressa da Pinheiros. A segunda foi registrada no dia 4/3, também na pista expressa da Pinheiros. A terceira no dia 10/03 na pista expressa da Marginal Tietê. A quarta foi registrada no dia 30/03 na pista central da Marginal Tietê. E a quinta no dia 06/04 na pista central da Marginal Tietê.

Mudança de velocidades

Em 25 de janeiro, as velocidades máximas permitidas na via aumentaram por decisão do novo prefeito João Doria (PSDB), que implantou a operação do Programa Marginal Segura. No primeiro dia do programa, em 25 de janeiro, foram registrados cinco ocorrências nas marginais Pinheiros e Tietê.

As velocidades máximas nas marginais Pinheiros e Tietê, em São Paulo, aumentaram após a Justiça derrubar liminar que tentava impedir a implantação da medida.

Pistas expressas

Carros e motos: de 70 km/h para 90 km/h;

Caminhões: mantida a 60 km/h.

Pista central (na Marginal Tietê)

Carros e motos: de 60 km/h para 70 km/h;

Caminhões: mantida a 60 km/h.

Pistas locais

Todos os veículos: de 50 km/h para 60 km/h;

Faixas da direita, ao lado das calçadas e nos corredores de ônibus: mantida a 50 km/

 



No artigo

1 comment

  1. Roberto Responder

    Os países europeus estão todos REDUZINDO a velocidade permitida nas cidades. Em Londres, por exemplo, é de 40 km/h. Mas, em países atrasados da América Latina e da África a vida humana vale menos.


x