Policiais Civis tentam invadir Congresso em protesto contra a reforma da Previdência

Milhares de policiais civis e outros profissionais da área de segurança pública tentaram entrar no prédio da Câmara no dia em que o relatório da reforma da Previdência seria lido na comissão especial, e...

529 0

Milhares de policiais civis e outros profissionais da área de segurança pública tentaram entrar no prédio da Câmara no dia em que o relatório da reforma da Previdência seria lido na comissão especial, e foram recebidos com tiros de bala de borracha da Polícia Legislativa. Houve tumulto e vidros do prédio foram quebrados. Acompanhe

Por Redação

Agora há pouco, na tarde desta terça-feira (18), milhares de policiais civis e outros profissionais da área de segurança pública tentaram invadir o Congresso Nacional, em Brasília (DF), em um protesto contra a reforma da Previdência, capitaneado pelo governo de Michel Temer e seus aliados na Câmara. O relatório da reforma seria lido hoje em comissão especial, mas a leitura foi adiada para amanhã.

Com palavras de ordem contra a reforma, por “Diretas já” e de “a Casa é nossa”, os policiais avançaram sob a entrada do prédio da Câmara e tentaram entrar no Salão Verde através da chapelaria. Eles foram recebidos com balas de borracha e spray de pimenta pela Polícia Legislativa. Há relatos de uso de bombas de efeito moral, o que fez com que alguns passassem mal, e vidros e outras partes do prédio foram quebrados.

A situação agora é mais pacífica, mas ainda há muitos manifestantes acumulados em frente ao Congresso.

Assista abaixo ao momento em que os policiais tentam invadir o prédio e também uma transmissão ao vivo que acompanha a movimentação no Congresso.



No artigo

x