Marido espanca mulher por ter se maquiado e pintado o cabelo: “Afundou a face”, diz polícia

O marido teve uma crise de ciúmes ao ver a esposa com os cabelos pintados de preto, maquiada e com os dentes tratados. A polícia informa ainda que a mulher teve afundamento da face e vai precisar passar por cirurgia.

540 0

O marido teve uma crise de ciúmes ao ver a esposa com os cabelos pintados de preto, maquiada e com os dentes tratados. A polícia informa ainda que a mulher teve afundamento da face e vai precisar passar por cirurgia.

Da Redação com Informações do G1

O marido, de 38 anos, teve uma crise de ciúmes ao ver a esposa, de 49, com os cabelos pintados de preto, maquiada e com os dentes tratados. As informações são da Polícia Civil de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. A polícia informa ainda que a mulher teve afundamento da face e vai precisar passar por cirurgia.

O crime aconteceu no bairro do Cônego na madrugada desta terça-feira (18). A Polícia Militar foi acionada pelos vizinhos no momento da agressão, mas o suspeito fugiu, segundo a Polícia da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), do município. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Municipal Raul Sertã.

A delegada Danielle de Barros explicou que, no momento da agressão, a mulher começou a gritar por socorro e conseguiu fugir do marido pela janela de casa, com a ajuda dos vizinhos, que também chamaram os bombeiros.

Já no hospital, a vítima foi ouvida pelos policiais e revelou que o marido estava com ciúme e por isso a agrediu. Ela contou ainda que ele estava armado com uma faca. Questionado, o Hospital Raul Sertã não deu informações ao G1 sobre a vítima, mas segundo a Polícia Civil, a mulher foi liberada da unidade na quarta-feira (19). Após a denúncia, uma medida protetiva contra o suspeito foi expedida na quarta-feira (19). O caso é investigado pela Deam.

Outro caso

A delegada explicou ainda que este não foi o único caso de agressão contra mulher registrado esta semana. Na quarta-feira (19), uma mulher foi agredida pelo ex-padrasto, que não concorda com a separação.

“A mãe já tinha vindo até a delegacia no dia 11 para dizer que estava sendo perseguida pelo ex-marido, tanto por telefone quanto na rua. Na quarta-feira (19), ele acabou invadindo o terreno da casa dela e empurrou a filha, que bateu com a cabeça em um portão. Ele foi preso e será encaminhado para Bangu”, disse a delegada.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Raul Sertã e já teve alta. Segundo a polícia, ela teve uma escoriação no braço e suspeita de concussão cerebral e deve passar por novos exames nos próximos dias.

 



No artigo

x