Candidatos presidenciais votam na França; participação do eleitorado é similar a 2012

Às 17h locais (12h de Brasília), 69,42% do eleitorado havia comparecido às urnas; Mélenchon, Fillon e Hamon depositaram voto em Paris, enquanto Le Pen e Macron votaram no norte da França.

314 0

Às 17h locais (12h de Brasília), 69,42% do eleitorado havia comparecido às urnas; Mélenchon, Fillon e Hamon depositaram voto em Paris, enquanto Le Pen e Macron votaram no norte da França.

Por Opera Mundi

Há cinco anos, nesse mesmo horário, tinham votado 70,59% dos eleitores, em eleições que acabaram com uma forte participação, de quase 80%.

O número registrado hoje também representa uma queda em relação ao de dez anos atrás, quando a participação era de 73,87% a essa altura da votação, embora aquelas eleições – que acabaram com a vitória do conservador Nicolas Sarkozy – tenham alcançado o recorde de 84%.

Agência Efe

Jean-Luc Mélenchon, da França Insubmissa, foi último dos principais candidatos a votar, em Paris

Os colégios eleitorais abriram neste domingo às 8h (horário local, 3h em Brasília) para o primeiro turno das eleições presidenciais francesas, que se apresentam como as mais incertas dos últimos anos.

A ultradireitista Marine Le Pen, o centrista Emmanuel Macron, o direitista François Fillon, o centro-esquerdista Benoît Hamon e o esquerdista Jean-Luc Mélenchon depositaram seus votos nesta manhã.

Le Pen, da Frente Nacional, votou em Henin-Beaumont, no norte do país, e Macron, do En Marche, depositou seu voto em Le Touquet, também no norte. Fillon, d’Os Republicanos, Mélenchon, da França Insubmissa, e Hamon, do governista Partido Socialista, votaram em Paris.

Agência Efe

Emmanuel Macron, do En Marche, votou em Le Touquet, no norte da França

Le Pen, Macron, Fillon e Mélenchon aparecem muito próximos nas pesquisas de intenção de voto e espera-se que dois deles passem para o segundo turno, que acontece no dia 7 de maio.

Agência Efe

Marine Le Pen, da Frente Nacional, votou em Henin-Beaumont, no norte da França

As pesquisas previam para o primeiro turno das eleições uma abstenção superior à dos dois últimos pleitos, próxima aos 50% do eleitorado.

No entanto, a campanha foi acompanhada de perto pelos franceses, como evidencia a elevada audiência dos debates e das entrevistas dos 11 candidatos.

Agência Efe

François Fillon, d’Os Republicanos, votou em Paris

Junto com as sessões eleitorais dos territórios de ultramar, que tinham aberto com antecedência, são 66.500 os locais de votação, nos quais os 45,67 milhões de eleitores franceses poderão votar.

Os colégios eleitorais fecham às 19h horas (14h de Brasília) na maior parte das cidades e uma hora mais tarde nas de maior tamanho.

Agência Efe

Benoît Hamon, do Partido Socialista, votou em Paris



No artigo

x