João Santana: Temer tirava votos por imagem ligada ao satanismo

O marqueteiro afirmou, em depoimento à Justiça Eleitoral, que Michel Temer aparecia pouco nas peças de campanha de Dilma Rousseff por sua imagem ser associada ao santanismo e que isso tirava votos Por Redação...

861 0

O marqueteiro afirmou, em depoimento à Justiça Eleitoral, que Michel Temer aparecia pouco nas peças de campanha de Dilma Rousseff por sua imagem ser associada ao santanismo e que isso tirava votos

Por Redação

Parte do depoimento do marqueteiro João Santana e sua esposa Mônica Moura ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que está sob sigilo, foi vazado à imprensa. Em um dos trechos do depoimento que veio à público, de acordo com a Folha de S. Paulo, o marqueteiro da campanha de Dilma Rousseff em 2014 afirmou que diminuiu as aparições de Michel Temer nas peças publicitárias pois sua imagem era associada com o satanismo e, pelas pesquisas internas, as intenções de voto em Dilma caiam toda vez que o peemedebista aparecia nas inserções de campanha.

Santana teria dito aos risos em seu depoimento ao ministro Herman Benjamim que, quando jovem, estudou muito o ocultismo e que, em determinado momento, se deparou com um personagem do século XII que tinha o mesmo nome do atual presidente e que era satanista.

A associação que as pessoas começaram a fazer de Temer com o satanismo surgiu na campanha de 2010. Muitos diziam que o então vice-presidente havia feito um pacto com o “Satã” e que seu objetivo final era se tornar presidente do Brasil após uma possível morte da presidenta Dilma em decorrência do câncer que enfrentou antes de concorrer às eleições.

De acordo com Santana, que acusou Dilma de ter tratado diretamente com ele sobre caixa 2, Temer fora beneficiado com o suposto esquema.

*Com informações da Folha

 



No artigo

x