Em vídeo, Chico Buarque critica a Escola Sem Partido: “Um descalabro”

“Há uma regressão conservadora muito forte na sociedade e isso, inclusive, afeta o ensino”, afirmou; assista Por Redação...

507 0

“Há uma regressão conservadora muito forte na sociedade e isso, inclusive, afeta o ensino”, afirmou; assista

Por Redação

O cantor e compositor Chico Buarque deu uma entrevista ao Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro (Sinpro-Rio), publicada no site Bem Blogado, em que critica o projeto Escola Sem Partido. A proposta, que tramita no Congresso Nacional, alega que as salas de aula no Brasil são usadas para doutrinação ideológica dos alunos e proíbe que os professores repassem suas concepções políticas e morais.

O movimento tem sido duramente criticado por educadores e, neste mês, relatorias especiais do Alto Comissariado de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) recomendaram que o governo brasileiro tome atitudes necessárias para conduzir uma revisão dos projetos de lei (PLs) que tratam do assunto por ferirem a liberdade de expressão e retirarem do conteúdo pedagógico discussões sociais importantes.

Em sua fala, Chico repudiou o Escola Sem Partido. “Há uma regressão conservadora muito forte na sociedade e isso, inclusive, afeta o ensino. Tentar impedir que o professor tenha uma opinião, manifeste sua opinião, isso é um descalabro. Isso é um absurdo”, afirmou. Para o artista, o debate de ideias políticas dentro da escola é natural e faz parte do desenvolvimento educacional dos jovens.



No artigo

x