Greve geral: Guilherme Boulos denuncia prisão política de três ativistas

Coordenador do MTST grava vídeo onde informa que militantes do movimento foram detidos em protesto na zona Leste de São Paulo

268 0

Coordenador do MTST grava vídeo onde informa que militantes do movimento foram detidos em protesto na zona Leste de São Paulo

Da Redação

Três militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto estão presos no 65º DP, na zona Leste de São Paulo. Segundo o coordenador do movimento, Guilherme Boulos, eles foram detidos quando protestavam contra as reformas trabalhista e previdenciária do governo Temer nesta sexta-feira (28), dia de greve geral.

Segundo Boulos, trata-se de uma “arbitrariedade inacreditável” e “são os primeiros presos políticos da greve geral”. “Aplicação da lei de organização criminosa é uma tentativa covarde de criminalizar aqueles que lutam”, diz. Os três presos estão sendo acusados de crime de organização criminosa”

Outra militante do movimento diz que no protesto a polícia chegou com violência, disparando bombas de gás lacrimogêneo e pedindo os celulares de quem filmava a ação.

(Foto: Ninja)



No artigo

x