Doria atira no chão flores que recebeu “pelos mortos nas marginais”

Uma ciclista abordou o prefeito para pedir mais segurança nas vias, após o aumento das velocidades, e recebeu o gesto como resposta  Por Redação ...

553 0

Uma ciclista abordou o prefeito para pedir mais segurança nas vias, após o aumento das velocidades, e recebeu o gesto como resposta 

Por Redação 

A ciclista Giulia Gallo, na manhã deste domingo (30), abordou o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), na saída de um evento na avenida Paulista e tentou entregar flores como uma forma de protesto “pelos mortos nas marginais”.

Doria estava dentro de um carro e, ao ser abordado pela mulher, pegou as flores, atirou ao chão e disse: “Eu agradeço”.

“Eu como ciclista e pedestre me sinto muito desprotegida”, disse a ciclista em entrevista ao portal G1. Giulia disse ser contra o aumento de velocidades nas marginais e contra a extinção de ciclovias para a adoção de cliclorrotas.

Sete pessoas já morreram em acidentes nas marginais desde 25 de janeiro, data em que foram implantadas as novas velocidades.

Em nota, prefeitura disse que atitude de Doria foi uma reação “a um gesto invasivo e desnecessário”.

Foto: William Cruz



No artigo

x