Gestão propaganda: Depois da 8ª morte no trânsito, Doria quer entrar no “Maio Amarelo”

O prefeito anunciou que São Paulo participará da campanha mundial que visa incentivar o trânsito mais seguro e, para isso, já firmou parceria com várias empresas. Ao contrário de outras cidades do mundo, no...

331 0

O prefeito anunciou que São Paulo participará da campanha mundial que visa incentivar o trânsito mais seguro e, para isso, já firmou parceria com várias empresas. Ao contrário de outras cidades do mundo, no entanto, que reduziram as velocidades de suas vias, Doria já acumula 8 mortes e um aumento de 700% nas chamadas do Samu desde que aumentou a velocidade nas marginais

Por Redação

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou no final da tarde desta terça-feira (2) que a cidade participará da campanha “Maio Amarelo”, uma iniciativa surgida a partir de uma ação da ONU, em maio de 2011, que visa incentivar o trânsito mais seguro nas cidades. Em São Paulo, a campanha se dará por meio da iluminação amarela de alguns monumentos da cidade e de campanhas na rua com pedestres, ciclistas e motoristas.

O que o prefeito tucano não disse ao anunciar a adesão à campanha, no entanto, é que, como forma de reduzir as mortes no trânsito, diversas cidades como Paris, Barcelona e outras tantas nos Estados Unidos e na Europa reduziram a velocidade de suas principais vias, tal como fez o ex-prefeito Fernando Haddad. Sua primeira ação ao assumir a prefeitura, no entanto, foi aumentar novamente as velocidades das marginais. O resultado: dezenas de acidentes, 8 mortes e um aumento de 700% das chamadas do Samu.

Gestão propaganda

A campanha “Maio Amarelo” em São Paulo contará ainda com o que é considerado uma das principais marcas da gestão Doria: a parceria com empresas privadas. Ao invés de buscar soluções que realmente reduzam os acidentes de trânsito na cidade, a atual administração municipal prefere contar com a boa vontade de empresas para fazer propaganda e dar pequenos benefícios. É o caso da 99 Táxi, que apoia a iniciativa da prefeitura e doará 300 racks de bicicleta para táxis pretos – os táxis executivos. Também foi firmada parceria com as empresas de bicicletas Shimano e Caloi.



No artigo

x