VÍDEO: Militantes do PCO colocam fascistas do MBL para correr no 1º de Maio

As imagens mostram Arthur Moledo, o integrante do MBL que faz provocações em manifestações de esquerda e divulga os vídeos nos seu canal “Mamãe falei”, e outro integrante do grupo sendo expulsos do 1º...

909 0

As imagens mostram Arthur Moledo, o integrante do MBL que faz provocações em manifestações de esquerda e divulga os vídeos nos seu canal “Mamãe falei”, e outro integrante do grupo sendo expulsos do 1º de Maio na avenida Paulista enquanto tentavam se proteger com seus guarda-costas carecas e a Polícia Militar. Assista 

Por Redação 

Vem repercutindo, nas redes sociais, o vídeo que mostra dois integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) sendo expulsos do ato de 1º de Maio, na avenida Paulista, por militantes do Partido da Causa Operária (PCO).

As imagens mostram o momento em que os militantes do PCO reconhecem Arthur Moledo que, além de ser um dos dirigentes do MBL, grupo que recebeu apoio de partidos de direita para encabeçar as mobilizações pelo impeachment de Dilma Rousseff, é o criador do canal de vídeos no Youtube “Mamãe Falei”. Modelo já é conhecido por, recorrentemente, ir à manifestações de esquerda para fazer provocações e postar os vídeos em seu canal.

Ele estava acompanhado de outro integrante do MBL, Renan Arruda Ferreira. Outros dois homens, grandes e carecas, faziam o papel de guarda-costas da dupla. Um deles foi identificado como Gustavo Moledo, provavelmente parente de Arthur. Quando começaram a ser expulsos, se esconderam atrás de policiais militares.

“Os integrantes do MBL são resto de gente, acostumados a intimidar pessoas que não estão tão decididas a reagir, acabaram encontrando os militantes do PCO e outros companheiros que também não estavam dispostos a aceitar a provocação. Que fique bem claro, a polícia pode não estar lá da próxima vez. Nenhum militante deve aceitar que essa escória venham atacar”, escreveram, sobre o caso, os militantes do PCO.

Assista.



No artigo

x