SP: Alckmin paga por 65 trens, mas população só recebe 11

De 65 unidades, apenas 20 foram entregues e apresentam mais de 200 defeitos. Só 11 estão operando nas linhas da CPTM

527 0

De 65 unidades compradas, apenas 20 foram entregues e apresentam mais de 200 defeitos. Só 11 estão operando nas linhas da CPTM

Da Redação*

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), acertou a compra de 65 trens em 2016 para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). No entanto, até agora apenas 20 unidades foram entregues, e só 11 estão operando. É o que aponta relatório do Ministério Público (MP).

Se não bastasse o atraso, o relatório ainda mostra que as novas composições ainda apresentaram mais de 200 falhas em um período de seis meses.

A compra dos trens custou quase R$ 2 bilhões e foi acertada com duas empresas: a espanhola CAF e a sul-coreana Hyundai/Rotem. A CAF ficou encarregada de entregar 35 composições e, a Hyundai/Rotem, as outras 30, ambas em 2016. As duas companhias são investigadas por formação de cartel em contratos firmados durante a gestão PSDB em São Paulo.

*Com informações do Bom Dia Brasil



No artigo

x