“Estamos aqui para garantir o direito democrático de Lula”, diz Stedile

Desde a madrugada milhares de pessoas chegam à cidade em solidariedade ao ex-presidente Lula. À noite, haverá vigília em frente à Catedral. Dirigente do MST João Pedro Stedile defende a transmissão...

311 0

Desde a madrugada milhares de pessoas chegam à cidade em solidariedade ao ex-presidente Lula. À noite, haverá vigília em frente à Catedral. Dirigente do MST João Pedro Stedile defende a transmissão ao vivo da audiência para que se evite qualquer manipulação. “É a melhor forma democrática de a população acompanhar”  

Da Redação

A equipe da Fórum está em Curitiba e transmitiu ao vivo ato no Acampamento pela Democracia. “Essa ocupação brotou das redes sociais, é um amplo espectro ecumênico que se organizou por várias razões. Uma para dizer que Lula não está sozinho. Outra é um aviso, parem de condenar sem ter prova”, afirmou o ex-ministro Gilberto Carvalho.

Carvalho também criticou as reformas do governo Temer. “Deputados e senadores não terão mais paz enquanto insistirem em tirar direitos, os poucos que nos restam.”

O coordenador do MST, João Pedro Stedile, disse que não se trata de uma audiência em um processo, é um direito à democracia. “Esse governo ilegítimo pôs em curso um plano para salvar a burguesia, botando um peso sobre a classe trabalhadora”, criticou.

 

(Foto: Cida Rezende)

Esta cobertura só é possível por conta do apoio dos leitores. Apoie agora você também, ainda precisamos de mais doações para cobrir todos os custos de equipe e produção das reportagens e de um documentário. 

Conheça a equipe que está em Curitiba. 

 



No artigo

x