Curitiba amanhece em luta: milhares ocupam a cidade em prol de Lula e da democracia

O sol mal havia nascido e centenas de barracas de pessoas que querem se solidarizar com o ex-presidente Lula, às vésperas de seu depoimento, já tinham sido armadas. Caravanas do país inteiro não param...

389 0

O sol mal havia nascido e centenas de barracas de pessoas que querem se solidarizar com o ex-presidente Lula, às vésperas de seu depoimento, já tinham sido armadas. Caravanas do país inteiro não param de chegar e Fórum já está aqui para mostrar tudo. Confira

Por Redação

Apesar dos outdores provocativos com uma imagem em alusão ao ex-presidente Lula preso e apesar da Justiça paranaense ter proibido manifestações pelas ruas da capital entre segunda (8) e quarta-feira (10), Curitiba amanheceu em luta nesta terça-feira (9) com a chegada de milhares de militantes e apoiadores de Lula de todo o país. O sol mal havia nascido e um acampamento com mais de 500 barracas já tinha sido montado, mesmo sob uma temperatura de 12º.

As mobilizações, que têm como intuito fazer pressão para impedir arbitrariedades do juiz Sérgio Moro contra o petista no depoimento de quarta-feira (10), começaram logo cedo, às 7h, com o Ato pela Reforma Agrária e Contra a Criminalização e Impunidade no Monumento Antônio Tavares. O protesto reuniu centenas de militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que seguiram em marcha para a inauguração oficial do Acampamento da Democracia. No local, entre hoje (9) e amanhã (10), serão realizados diversos atos de apoio ao ex-presidente Lula.

Ainda nesta quarta-feira (10) ocorrem atos na Universidade Federal do Paraná (UFPR) com advogados e juristas, que debaterão as ações do juiz Moro e farão uma aula sobre a Lava Jato. Às 19h, acontece na Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz um ato inte-religioso em prol da democracia, contra a reforma da previdência e trabalhista. “Não é um ato ecumênico em defesa do Lula, mas em defesa da democracia. Ele, Lula, acaba fazendo parte dessa jornada por tudo que ele representa no processo democrático no Brasil”, afirmou Tereza Lemos, integrante da APP-Sindicato.

Há relatos, no entanto, de que aos poucos o que pode vir a ser uma possível repressão começa a dar as caras. Através de uma rede de colaboradores, Fórum obteve informações de que ônibus de militantes já estão sendo barrados nas entradas de Curitiba. Outro colaborador também enviou imagens de helicópteros monitorando o acampamento dos movimentos.

Fórum já está em Curitiba para fazer a cobertura dos atos e do depoimento do ex-presidente Lula com uma mesa de debate ao vivo, além de vídeos, fotos e relatos pelas ruas da capital paranaense com repórteres e colaboradores.

Foto: Paulo/Colaborador da Rede Fórum
Foto: Cida Rezende
Foto: Cida Rezende
Foto: Cida Rezende
Foto: Cida Rezende
Foto: Foto: Cida Rezende
Foto: Cida Rezende
Foto: Cida Rezende
Foto: Cida Rezende
Foto: Cida Rezende

 



No artigo

x