Mãe solo escancara machismo após experimento social no Tinder

“Se já teve filho e está solteira boa coisa não é”, “Coitada da criança com uma mãe puta dessas que fica procurando macho”. Essas foram algumas das reações dos homens ao saberem que Fernanda Teixeira...

1661 0

“Se já teve filho e está solteira boa coisa não é”, “Coitada da criança com uma mãe puta dessas que fica procurando macho”. Essas foram algumas das reações dos homens ao saberem que Fernanda Teixeira criava o filho sozinha

Por Redação

Fernanda Teixeira decidiu fazer um experimento social, revelando ser mãe e feminista na descrição de seu perfil no aplicativo de paquera Tinder. O resultado foi publicado no Facebook no último sábado (13) e mostrou as reações misóginas dos rapazes com quem conversou.

Foram 83 ‘matchs’ com homens entre 24 e 34 anos. Boa parte deles destilou seus preconceitos contra a jovem por ser mãe solo. “Se já teve filho e está solteira boa coisa não é”, disse um dos pretendentes. “Coitada da criança com uma mãe puta dessas que fica procurando macho”, escreveu outro.

Segundo Fernanda, esconder a maternidade é uma necessidade para mulheres que buscam um novo relacionamento. “Hoje sigo no limbo social e emocional que nos colocam, fingindo que sou forte e que está tudo bem. Não está”, desabafou.

“Sempre que se fala da mãe, se fala dela como algo terceirizado, como uma entidade atrelada ao filho de uma maneira submissa. Isso é desumanizador. Espero que esse experimento e esse ‘textinho facebookiano’ ajude a elucidar a posição que todos vocês acabam nos colocando dentro dessa estrutura patriarcal e misógina. Ser mulher não é fácil. Ser mulher e mãe, menos ainda. Ser mulher, mãe e reivindicar uma vida social fora dos padrões patriarcais, é enlouquecedor”, concluiu.

Veja abaixo algumas das conversas transcritas por ela.



No artigo

x