Imagens mostram a entrega de propina aos indicados de Temer e Aécio

As fotos feitas pela Polícia Federal e utilizadas na delação do dono da JBS mostram o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), emissário de Temer, e Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio, recebendo malas...

339 0

As fotos feitas pela Polícia Federal e utilizadas na delação do dono da JBS mostram o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), emissário de Temer, e Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio, recebendo malas de dinheiro

Por Redação

As denúncias feitas na delação dos donos da JBS, reveladas na noite desta quarta-feira (17) pelo jornal O Globo, estão praticamente todas embasadas por vídeos e gravações. As principais delas, de que Temer deu aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha na prisão e de que Aécio Neves pediu milhões em propina, têm, como parte das provas, vídeos gravados pela Polícia Federal que mostram os emissários dos dois políticos recebendo malas de dinheiro.

Os frames dessas gravações foram divulgados nesta quinta-feira (18) na coluna de Lauro Jardim.

Em um dos vídeos, é possível ver o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), ex-assessor de Temer e indicado do presidente para pegar propina, recebendo de Ricardo Saud, diretor de relações institucionais da JBS, uma mala com R$500 mil em notas de R$50. Essa seria a primeira parcela de um total de R$480 milhões prometidos.

O vídeo que trata da propina do senador Aécio Neves (PSDB-MG) mostra o indicado do tucano para receber a propina – seu primo, Frederico Pacheco de Medeiros – pegando do mesmo diretor da JBS uma maleta com R$1,5 milhões, também parte de um montante maior prometido.

Em ambas as gravações os emissários de Temer e Aécio fazem deslocamentos, contam o dinheiro e repassam as malas. Tudo foi registrado pela PF.

Confira abaixo.

Fotos: Reprodução/O Globo



No artigo

x