Lauro Jardim diz que Joesley afirma ter dado 60 milhões em propina para Aécio

Esses recursos teriam sido pagos por meio da emissão de notas fiscais frias a diversas empresas, segundo Joesley. O dono da JBS também revela que comprou o apoio de partidos políticos para apoiar Aécio a presidente

315 0

A delação de Joesley Batista teria outros trechos devastadores para o presidente do PSDB, Aécio Neves, que além de gravado o pedido de R$ 2 milhões do senador, que teriam ido parar no escritório de Zezé Perrella, também senador por Minas Gerais, teria revelado que pagou propina de cerca de R$ 60 milhões em 2014 para Aécio.

Esses recursos teriam sido pagos por meio da emissão de notas fiscais frias a diversas empresas, segundo Joesley. O dono da JBS também revela que comprou o apoio de partidos políticos para apoiar Aécio a presidente

As informações são da coluna de Lauro Jardim, que revelou as gravações na noite de ontem.



No artigo

x