Procurador preso pela PF defendia “10 Medidas Contra a Corrupção”

Ângelo Goulart Vilela é acusado de cobrar propina para vazar dados de investigações sobre a empresa JBS Por Redação...

321 0

Ângelo Goulart Vilela é acusado de cobrar propina para vazar dados de investigações sobre a empresa JBS

Por Redação

O procurador da República Ângelo Goulart Vilela, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi preso pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (18) em apuração ligada ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).

De acordo com as primeiras informações, ele é acusado de cobrar propina para vazar dados de investigações sobre a empresa JBS.

Em discurso no Congresso Nacional, Vilela defendeu as “10 medidas Contra a Corrupção”, ressaltando a necessidade de aprovar a responsabilização de partidos políticos e a criminalização do Caixa 2.

“Tenho certeza que essas medidas simples contribuem não só no aprimoramento do combate à corrupção, mas na nossa democracia representativa”, afirmou.

Assista ao vídeo.



No artigo