Temer pretendia ser candidato em 2018

Animado por estudos levados a ele pelo ministro Moreira Franco (PMDB-RJ), o presidente estava convencido de sua viabilidade eleitoral e já fazia planos de concorrer à reeleição em 2018. Da Redação*...

330 1

Animado por estudos levados a ele pelo ministro Moreira Franco (PMDB-RJ), o presidente estava convencido de sua viabilidade eleitoral e já fazia planos de concorrer à reeleição em 2018.

Da Redação*

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, a delação premiada dos donos da JBS jogou um balde de gelo nas pretensões políticas de Michel Temer. Animado por estudos levados a ele pelo ministro Moreira Franco (PMDB-RJ), o presidente estava convencido de sua viabilidade eleitoral e já fazia planos de concorrer à reeleição em 2018.

Temer teria dito a interlocutores que estaria no segundo turno’, dias antes de a bomba explodir em seu colo. Pelos planos dele e de Moreira, a reforma da Previdência seria aprovada na Câmara, a economia aceleraria no próximo ano e a popularidade do presidente subiria.

A jornalista informou ainda que Joesley Batista frequentava não apenas a residência oficial como também a casa de Temer em São Paulo.

*Com informações da coluna de Mônica Bergamo

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil



No artigo

1 comment

  1. Roberto Responder

    Nós aqui embaixo às vezes temos a impressão que os que estão lá em cima, no Olimpo de Brasília, são muito espertos, diabolicamente maquiavélicos, infalíveis, com um QI maior que o dos gênios. O mundo real não é assim. Eles são humanos. Eles erram, eles dão passos em falso, sim.
    Até o Nassif (que nem chega a ser de esquerda) já fez um diagnóstico preciso: os políticos de direita perderam a capacidade cognitiva por terem sido superprotegidos pela mídia durante décadas. Com isso, se infantilizaram, não têm uma visão precisa da realidade.