Avisa lá que não somos imbecis, nem desinformados, nem lobotomizados

Chega de Temer. Chega de Aécio. Chega de tudo isso, queremos nosso país de volta. Chega de reformas loucas, chega de perda de direitos. O que desejamos é votar para presidente Por Adriana Dias*...

467 0

Chega de Temer. Chega de Aécio. Chega de tudo isso, queremos nosso país de volta. Chega de reformas loucas, chega de perda de direitos. O que desejamos é votar para presidente

Por Adriana Dias*

Avisa lá que não somos imbecis, nem desinformados, nem lobotomizados.
Que eu saiba Michel Temer não é um mero síndico de prédio. É presidente do Brasil. Portanto, não pode se dar ao luxo de não acreditar, quando houve alguém confessar crimes absurdos, como deter poder sobre um procurador de uma operação como a Lava Jato, ou juízes, ou órgãos, ou seja lá o que seja. Não pode afirmar deve continuar isso, ou aquilo, nem receber um empresário, na calada da noite, garantindo a ele que o receberá novamente.
Não pode, não podia, mas fez. E agora nos trata como imbecis. Trata milhões de brasileiros como se vivêssemos na era do rádio, sem acesso a informação, e como se todos fossem lobotomizados. Não somos.
Vamos às ruas. CHEGA.
Chega de Temer. Chega de Aécio. Chega de tudo isso, queremos nosso país de volta.
Chega de reformas loucas, chega de perda de direitos. O que desejamos é votar para presidente.
FORA TEMER!

*Adriana Dias é bacharel em Ciências Sociais em Antropologia,Mestre e Doutoranda em Antropologia Social – tudo pela UNICAMP. É coordenadora do Comitê “Deficiência e Acessibilidade” da Associação Brasileira de Antropologia, e coordenadora de pesquisa tanto no Instituto Baresi (que cria políticas públicas para pessoas com doenças raras) quanto na ONG ESSAS MULHERES (voltada à luta pelos direitos sexuais e reprodutivos e ao combate da violência que afeta mulheres com deficiência). É Membro da American Anthropological Association,e foi membro da Associação Brasileira de Cibercultura e da Latin American Jewish Studies Association.

Foto: Agência Senado



No artigo

x