Além da Veja, Reinaldo Azevedo deixa também de trabalhar na Jovem Pan

Mais cedo, o jornalista informou que deixaria seu blog na Veja depois da divulgação do grampo de uma conversa com Andrea Neves em que critica a capa da revista; motivos para a saída da...

900 0

Mais cedo, o jornalista informou que deixaria seu blog na Veja depois da divulgação do grampo de uma conversa com Andrea Neves em que critica a capa da revista; motivos para a saída da Pan, de acordo com Azevedo, “antecedem” a divulgação da gravação, “embora vá se misturar tudo” 

Por Redação*

O jornalista Reinaldo Azevedo não tem mais coluna. Não ao menos nos dois veículos em que trabalhava até esta terça-feira (23), que eram a revista Veja e a Jovem Pan.

Mais cedo, o Azevedo comunicou sua saída da Veja depois que veio à público o grampo de uma conversa sua com Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neve (PSDB-MG), em que critica uma capa de sua antiga revista. “Pedi demissão da Veja. Na verdade, temos um contrato, que está sendo rompido a meu pedido. E a direção da revista concordou”, disse no início de seu comunicado. [Saiba mais sobre o assunto no post do Blog do Rovai]. 

Já no final da tarde, de acordo com o jornalista Flávio Ricco, do portal UOL, Reinaldo Azevedo informou sobre sua saída da rádio Jovem Pan que, segundo o próprio Azevedo, não estaria necessariamente ligada aos acontecimentos desta terça-feira (23).

“Pedi demissão da Jovem Pan. As razões da minha saída da rádio antecedem a agressão de que estou sendo vítima. Embora vá se misturar tudo”, disse.

A Associação de Jornalismo Investigativo (Abraji) divulgou na tarde de hoje uma nota em que afirma “ver com preocupação” a violação de sigilo de fonte da Procuradoria-Geral da República ao anexar o inquérito que investigado o senador tucano afastado a gravação que não contém indícios de crime e nem ligação com o objeto principal da investigação.



No artigo

x