Contra Temer e o uso das Forças Armadas em Brasília, paulistas marcam ato para a noite desta quarta-feira (24)

A revolta em Brasília respingou em São Paulo e uma manifestação contra o decreto de Temer para colocar o Exército nas ruas já foi marcada para a noite desta quarta-feira (24) na avenida Paulista....

369 0

A revolta em Brasília respingou em São Paulo e uma manifestação contra o decreto de Temer para colocar o Exército nas ruas já foi marcada para a noite desta quarta-feira (24) na avenida Paulista. Manifestantes também exigirão eleições diretas

Por Redação

A manifestação ocorrida na tarde desta quarta-feira (24) em Brasília respingou em São Paulo e, um ato contra o decreto de Temer que autoriza o uso do Exército na capital federal e pelas eleições diretas já está marcado para acontecer a partir das 19h na avenida Paulista.

No distrito federal, o protesto contra as reformas e o governo Michel Temer foi brutalmente reprimido pela Polícia Militar. Enquanto os manifestantes eram alvejados por bombas e balas de borracha e o prédio do Ministério da Agricultura pegava fogo, o Planalto publicava edição extra no Diário Oficial autorizando o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no Distrito Federal.

“Michel Temer convocou tropas e determinou GLO, Ação de Garantia da Lei e da Ordem, em Brasília. Isso é muito grave! São Paulo não pode ficar assistindo o Brasil ir à luta. Vamos juntos!”, escreveram os organizadores do protesto em São Paulo na página do Facebook.

A concentração da manifestação está prevista para às 19h em frente ao Masp, na avenida Paulista.

Foto: NINJA



No artigo

x