Vai ter início o financiamento coletivo para filme sobre Paul Singer

Não à toa que, para contar a história do professor que se tornou referência da economia solidária no país, o filme Paul Singer - Uma Historia do Brasil, de Ugo Georgetti, será o primeiro de um grande diretor e roteirista brasileiro a levantar financiamento...

298 0

Não à toa que, para contar a história do professor que se tornou referência da economia solidária no país, o filme Paul Singer – Uma Historia do Brasil, de Ugo Georgetti, será o primeiro de um grande diretor e roteirista brasileiro a levantar financiamento através do crowdfunding.

Da Redação*

Não à toa que, para contar a história do professor que se tornou referência da economia solidária no país, o filme Paul Singer – Uma Historia do Brasil, de Ugo Georgetti, será o primeiro de um grande diretor e roteirista brasileiro a levantar financiamento através do crowdfunding.

O financiamento coletivo começa na próxima segunda-feira (29). A partir das 9:00 será aberto o link https://www.catarse.me/paulsinger no qual as pessoas podem contribuir com cotas a partir de R$ 10,00 (com diversas recompensas).

A campanha irá ate 5 de julho. Temos 40 dias para captar R$130.000. Todo apoio é valioso.

A PESSOA

Paul Singer é provavelmente um dos intelectuais vivos mais conhecidos no Brasil. Seu legado encontra base em obras públicas sobre desenvolvimento, demografia e economia, mas principalmente na formação de gerações de economistas e cientistas sociais espalhados pelo pais. Mesmo tendo um posicionamento político solido e transparente, é admirado e respeitado por pessoas dos mais variados campos do espectro ideológico.

Sua última frente de militância, a economia solidária, ainda apresenta uma novidade a mais: tem sido a agenda de grande parte dos novos movimentos políticos no mundo todo, principalmente quando se fala em juventude – motivo pelo qual ele tem sido convocado a participar de debates pelo planeta, incluindo países como o Butão até a ONU.

No momento atual em que o sistema político-partidário dá novos sinais de esgotamento e a juventude começa a manifestar incomodo com a limitação do horizonte utópico, esse intelectual que passou por tantas contradições e desafios segue como exemplo. E por um único motivo: por manter sua capacidade de sonhar.

O FILME

O conhecido diretor Ugo Giorgetti assumiu o projeto de registrar essa forma de pensar autônoma e livre. Sempre democrática, tomando o diálogo como ponto de síntese entre múltiplas ideias. Nos detalhes, uma postura humana que se insere na história e, mesmo sem querer, se apresenta como exemplo. O resultado é uma trajetória de um personagem que nos leva a refletir sobre o presente, o passado e o futuro do Brasil e do mundo. O filme é também, inevitavelmente, um retrato intelectual da própria cidade de S.Paulo em anos particularmente conturbados.

Mais informações com Malu (SP Filmes): 01130220084

Foto: JAILTON GARCIA/RBA



No artigo

x