Rapaz morre eletrocutado ao pichar prédio no centro de São Paulo

Patrick estava acompanhado por outros três rapazes que foram detidos e levados para o 78º DP, nos Jardins. Os três foram indiciados por homicídio culposo.

451 0

Patrick estava acompanhado por outros três rapazes que foram detidos e levados para o 78º DP, nos Jardins. Os três foram indiciados por homicídio culposo.

Da Redação*

Patrick Alexandre Liu, de 34 anos, morreu eletrocutado ao cair sobre fios de alta tensão, enquanto pichava um prédio na Rua Rui Barbosa, na região central de São Paulo, na madrugada deste domingo (28). O caso ocorreu por volta das 5h20.

Patrick estava acompanhado por outros três rapazes que foram detidos e levados para o 78º DP, nos Jardins. Os três foram indiciados por homicídio culposo. Segundo a Polícia Civil, os pichadores agiram com imprudência, negligência e imperícia sem usar equipamentos de segurança e usando o próprio corpo para escalar o prédio.

Em agenda na manhã deste domingo, o prefeito João Doria lamentou a morte do pichador e reafirmou o combate à pichação na cidade.

“Todo apoio aos grafiteiros e aos artistas de rua. Aqueles que, lamentavelmente, ainda insistem na pichação terão o rigor da lei”, declarou. Segundo Doria, 128 pichadores já foram detidos na cidade desde o início da sua gestão até a última sexta-feira, 26.

Foto: Commons

 



No artigo

x