Em nota oficial, organizadores do ato pelas diretas em SP dizem respeitar partidos

Os organizadores do ato com artistas pelas eleições diretas, que ocorrerá no domingo (4), em São Paulo, criticaram o “sensacionalismo” da imprensa, que noticiou que partidos políticos não seriam permitidos no evento. Leia  Por Redação ...

480 0

Os organizadores do ato com artistas pelas eleições diretas, que ocorrerá no domingo (4), em São Paulo, criticaram o “sensacionalismo” da imprensa, que noticiou que partidos políticos não seriam permitidos no evento. Leia 

Por Redação 

Causou polêmica nas redes sociais e nas discussões de partidos e movimentos sociais a notícia de que no ato pelas diretas em São Paulo, no domingo (4), não seriam permitida a presença e nem bandeiras de partidos políticos. Em nota divulgada nesta quinta-feira (1), a organização do ato-show divulgou uma nota oficial em que desmente a informação e afirmam que respeitam “a representação e a luta dos partidos políticos engajados pelas Diretas Já e o papel primordial dos mesmos na construção e na defesa da nossa democracia”.

O ato terá um caráter parecido com o que ocorreu no Rio de Janeiro no último domingo. Dezenas de artistas de renome nacional, ao lado de representantes de movimentos sociais e coletivos, bem como blocos carnavalescos da cidade, farão um grande show em defesa da democracia e pela saída do presidente Michel Temer do poder.

Confira a íntegra da nota dos organizadores.

Nós, organizadores do ato ‘SP pelas Diretas Já’, respeitamos a representação e a luta dos partidos políticos engajados pelas Diretas Já e o papel primordial dos mesmos na construção e na defesa da nossa democracia.

Em nenhum momento falamos em barrar ou excluir qualquer movimento do nosso ato, como foi publicado com sensacionalismo, em matérias na grande imprensa. Pelo contrário: achamos fundamental para a relevância da nossa manifestação a participação de todas e todos que estejam alinhados à causa das Diretas.

O que estamos propondo é uma nova linguagem: a partir de uma convocação da manifestação feita por artistas, mídia ativistas e grupos culturais, queremos estimular e envolver diversos setores da sociedade, inclusive os partidos, em torno dessa pauta urgente e que nos une.

Faremos um ato político com arte onde as falas dos movimentos sociais e culturais que acontecerão ao longo do domingo vão abordar as Diretas Ja e outras pautas nacionais de oposição ao desastroso governo Temer.

Reiteramos nosso convite para que todas e todos participem e se manifestem da maneira que desejarem para ocupar o Largo da Batata e fazermos um ato histórico, digno do espírito democrático e inovador da nossa querida cidade.

Foto: NINJA



No artigo

x