Operação para quebrar Petrobras atinge refino de combustíveis

Aumenta importação de gasolina e diesel e exportação de óleo cru. Refinarias trabalham abaixo da capacidade Por Redação* Pelos números divulgados nos últimos dias,...

358 0

Aumenta importação de gasolina e diesel e exportação de óleo cru. Refinarias trabalham abaixo da capacidade

Por Redação*

Pelos números divulgados nos últimos dias, a importação de gasolina por terceiros passou de 240 milhões para 419 milhões de litros de fevereiro a abril deste ano. A de diesel, de 564 milhões para 811 milhões de litros. Enquanto isso, a exportação de óleo cru cresceu de janeiro e fevereiro deste ano 65%, para cerca de 86 milhões de barris, segundo dados do governo.

Como escreveu em seu blog, Roberto Moraes, professor e engenheiro do IFF em Campos dos Goytacazes, RJ, “a desintegração das atividades da Petrobras já comprova vários prejuízos para o Brasil. Além da venda em partes das empresas da holding (grupo) Petrobras, as estratégias já mostram os graves equívocos na condução da estatal de petróleo que caminha para se tornar apenas uma empresa reduzida e que vive da extração mineral.”

Ele destaca que por essas importações, o fator de utilização das refinarias, que esteve há pouco tempo em torno de 95%, caiu para 77% e deve chegar, em breve, a menos de 75%. Ou seja, estamos deixando de refinar petróleo no Brasil e comprando gasolina e diesel do exterior.

“O resultado de tudo isto é que o Brasil está se tornando uma Nigéria ou Angola, exportando óleo cru e comprando derivados refinados no exterior, com nosso parque de refino trabalhando com folga de quase ¼ de sua capacidade”, complementa Roberto Moraes.

* Com dados do blog do Roberto Moraes e do Valor Econômico

Foto: RAFAEL NEDDERMEYER/Fotos Pública



No artigo

x