Depois de aumento de mais de 1000% em publicidade, IstoÉ faz entrevista chapa-branca com Temer

Publicação levanta a bola o tempo todo para o presidente e chega a perguntar: “O senhor acha que há um complô de forças para tentar tirá-lo da Presidência?” Por Redação...

461 0

Publicação levanta a bola o tempo todo para o presidente e chega a perguntar: “O senhor acha que há um complô de forças para tentar tirá-lo da Presidência?”

Por Redação

Com o título “Provarei que a razão está ao meu lado”, a revista IstoÉ publicou nesta sexta-feira, dia 2, entrevista exclusiva com o presidente Michel Temer. Feita no dia anterior, mais do que as respostas sobre as graves acusações, chama a atenção as “levantadas de bola” da revista para o presidente.

Começa com: “Por que o senhor quer ficar no cargo de presidente da República?”. Ao que Temer responde que é para “defender-se no aspecto moral” e “continuar transformando o Brasil” etc.

Em lugar de apertar o entrevistado, o repórter diz: “O que se comenta é que a Procuradoria-Geral da República deve denunciar o senhor…”. Deixando de lado o fato de que a procuradoria já entrou com diversos pedidos no Supremo Tribunal Federal.

Mas ou auge é quando questiona: “O senhor acha que há um complô de forças para tentar tirá-lo da Presidência?”, ao que Temer começa a responder que é difícil dizer, mas não fica difícil supor. “É interessante como há uma conjunção de urdidura”…. Seja lá o que isso queira dizer. Depois, a pergunta é: O senhor acha que o procurador geral, Rodrigo Janot, está sendo arbitrário no seu caso? A resposta: Olha, eu prefiro não comentar. E acho que isso já dá uma boa resposta, não é verdade? Para ler na íntegra, clique aqui.

Publicidade do governo para IstoÉ aumenta em mais de 1.300%

Pelos números levantados em maio deste ano pelo blog o Cafezinho, a Istoé foi o veículo de comunicação que teve o maior aumento em verbas de publicidade do governo federal no último ano, com 1.384% de acréscimo em relação ao ano anterior. Bom lembrar, como fez o blog à época, que a IstoÉ concedeu a Temer o título de “Homem do Ano” em 2016 e fez a cerimônia na qual Sergio Moro e Aécio Neves sentaram-se juntos e trocaram sorrisos e gentilezas.

Elaboração: O Cafezinho

 

Foto Marcos Corrêa/PR (Agência Brasil)



No artigo

x