Após atentado com 7 mortos, premiê britânica defende “combate ao extremismo”

Pelo menos 48 pessoas ficaram feridas na noite deste sábado (3); uma van atropelou pedestres na London Bridge

200 0

Pelo menos 48 pessoas ficaram feridas na noite deste sábado (3); uma van atropelou pedestres na London Bridge 

Da Redação

A polícia britânica informou que pelo menos sete pessoas morreram em atentados neste sábado (3). Três agressores foram mortos a tiros durante o confronto com agentes. Há ao menos 48 feridos.

Uma van branca atropelou cerca de 20 pessoas na London Bridge, uma das principais da cidade. A poucas quadras do local, homens com facas atacaram pessoas em um restaurante no mercado de Borough.

Os ataques foram classificados como “atentados terroristas” pela polícia e o governo britânico.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, fez um pronunciamento onde afirmou que o país é tolerante demais com o extremismo.

“Apesar de termos avançado de forma significativa nos últimos anos, ainda há – sejamos francos – tolerância demais com o extremismo no nosso país. Portanto, precisamos nos tornar muito mais robustos para identificá-lo e eliminá-lo em todo o setor público e em toda a sociedade. Isso exigirá algumas conversas difíceis, e muitas vezes embaraçosas. Mas todo o nosso país precisa se unir para combater esse extremismo, e precisamos viver nossas vidas não como um grupo de comunidades separadas e segregadas, mas verdadeiramente como um Reino Unido”.

A polícia já prendeu pelo menos 12 suspeitos de planejarem os ataques. De acordo com a premiê, muitos dos hospitalizados estão em estado crítico.

 



No artigo

x