Amigo de Temer, Henrique Eduardo Alves é preso pela PF

Ex-ministro foi preso nesta manhã pela Polícia Federal por acusação de receber propina na construção da Arena das Dunas, estádio da Copa do Mundo de 2014 Por Redação     Foto: Fábio Rodrigo Pozzebom/Agência Brasil...

219 0

Ex-ministro foi preso nesta manhã pela Polícia Federal por acusação de receber propina na construção da Arena das Dunas, estádio da Copa do Mundo de 2014

Por Redação     Foto: Fábio Rodrigo Pozzebom/Agência Brasil

Foi preso na manhã desta terça-feira em Natal (RN), o ex-ministro e amigo de Michel Temer, Henrique Cardoso Alves (PMDB-RN). As investigações ocorrem na operação “Manus”, desdobramento da Lava Jato. A acusação é de envolvimento em corrupção na construção da Arena das Dunas, estádio da Copa do Mundo de 2014, que teve sobrepreço de R$ 77 milhões.

Na mesma ação, a Justiça expediu novo mandado de prisão contra Eduardo Cunha, que já está detido na região metropolitana de Curitiba. Além dele foi preso o secretário de Obras Públicas de Natal, Fred Queiroz. São cumpridos 33 mandados, sendo cinco de prisão preventiva , seis de condução coercitiva e 22 de busca e apreensão nas cidades de Natal, Mossoró e Parnamirim (RN) e Curitiba (PR).

Em contato com o G1, site da rede Globo, o advogado Marcelo Leal, que defende Henrique Alves, disse: “Até o momento, não sei de nada sobre o que levou a PF a prender Henrique. Vou tomar pé da situação e depois me pronuncio.”

A operação da PF em conjunto com o Ministério Público tem por base a delação da construtora Odebrecht, que denunciou “o efetivo recebimento de vantagens indevidas por dois ex-parlamentares cujas atuações políticas favoreceriam duas grandes construtoras envolvidas na construção do estádio, um dos palcos da Copa do Mundo de 2014”.



No artigo

x