Por que Cunha fez as perguntas a Temer que Moro barrou

Juiz chegou a dizer na época que “não há qualquer notícia do envolvimento do Exmo. Sr. Presidente da República nos crimes que constituem objeto desta ação penal” Por Redação             Foto...

354 0

Juiz chegou a dizer na época que “não há qualquer notícia do envolvimento do Exmo. Sr. Presidente da República nos crimes que constituem objeto desta ação penal”

Por Redação             Foto Lula Marques/AGPT 

Com a prisão hoje do amigo de Michel Temer e ex-ministro Henrique Eduardo Alves, da delação e da gravação feitas pelo dono da JBS e das novas acusações que vão aparecendo a cada dia, é bom lembrar as perguntas feitas por Eduardo Cunha ao presidente e barradas por Sérgio Moro. À época o juiz declarou como uma das justificativas que “não há qualquer notícia do envolvimento do Exmo. Sr. Presidente da República nos crimes que constituem objeto desta ação penal”.

Óbvio que muitos fatos só chegaram ao conhecimento público depois e não dá para analisar as atitudes tomadas pelo juiz de Curitiba de maneira retroativa. Mas cabe lembrar quais as perguntas feitas e tentar entender como Cunha pretendia chantagear Temer. E comparar com as perguntas feitas ontem ao presidente da República pela Polícia Federal a partir de ordem do Supremo Tribunal Federal.

Reveja algumas perguntas de Cunha que Moro barrou, com comentários da redação em itálico:

– Vossa Excelência tem conhecimento de acordo para o então líder da bancada, Sr. Wilson Santiago, concorrer à Primeira Secretaria e o Sr. Henrique Alves assumir a liderança?

Com a prisão de Henrique Alves hoje, fica claro que Cunha insinuava a participação dele em esquemas.

– Vossa Excelência tem conhecimento da nomeação do Sr. Geddel Vieira de Lima para o Ministério da Integração Nacional, do Sr. Reinhold Stephanes para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e do Sr. José Gomes Temporão para o Ministério da Saúde?

Insinuação de que foram indicações de Temer para os cargos no governo Dilma. Geddel virou ministro do atual governo e teve de sair depois de pressionar colega a liberar empreendimento que era de seu interesse pessoal. Nas gravações da JBS, Geddel também aparece como o principal interlocutor entre os interesses da JBS e Temer.

– Vossa Excelência indicou o nome do Sr. Wellington Moreira Franco para a Vice-Presidência do Fundos de Governo e Loterias da Caixa Econômica Federal?

Depois de todas as denúncias sobre favorecimento de empréstimos na Caixa, fica claro o objeto da questão.

– Vossa Excelência tem conhecimento se na coordenação do Centro-Oeste, coordenada pelo Sr. Tadeu Filippelli, couberam as indicações do vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal e da vice-presidência de Governo do Banco do Brasil?

Depois de todas as denúncias sobre favorecimento de empréstimos na Caixa, fica fácil saber o objeto da questão.

Perguntas sobre Jorge Zelada e João Augusto Henriques

– Quantas vezes Vossa Excelência esteve com o Sr. Jorge Zelada?

– Vossa Excelência recebeu o Sr. Jorge Zelada alguma vez na sua residência em São Paulo/SP, situada à Rua Bennett, 377?

– Caso Vossa Excelência o tenha recebido, quais foram os assuntos tratados?

– Vossa Excelência conhece o Sr. João Augusto Henriques?

– Caso Vossa Excelência conheça, quantas vezes esteve com ele e sobre quais assuntos trataram?

– Vossa Excelência sabe de alguma contribuição de campanha que tenha vindo de algum fornecedor da área internacional da Petrobrás?

– Vossa Excelência tem conhecimento se houve alguma reunião sua com fornecedores da área internacional da Petrobrás com vistas à doação de campanha para as eleições de 2010, no seu escritório político na Avenida Antônio Batuira, nº 470, em São Paulo/SP, juntamente com o Sr. João Augusto Henriques?

O ex-senador Delcídio do Amaral afirmou que Temer trabalhou pela indicação dos dois para a Petrobras. Eles já foram condenados pela Lava Jato e Henriques é apontado como principal operador do esquema e apadrinhado de Temer.

José Yunes

– Qual a relação de Vossa Excelência com o Sr. José Yunes?

– O Sr. José Yunes recebeu alguma contribuição de campanha para alguma eleição de Vossa Excelência ou do PMDB?

– Caso Vossa Excelência tenha recebido, as contribuições foram realizadas de forma oficial ou não declarada?

Yunes é considerado como um irmão por Temer. Depois das denúncias e da confissão de Yunes de que recebeu R$ 1 milhão em dinheiro em seu escritório e de dizer que Eliseu Padilha o havia feito de mula para receber dinheiro da Odebrechet pelas mãos de Lúcio Funaro fica clara a razão dessas perguntas.



No artigo

x