Corregedor da CBF alerta que estão tentando aliciar árbitros

  Ex-delegado da Polícia Federal enviou ofício para equipes de arbitragem pedindo para tomar cuidado e avisar a confederação caso ocorram contatos com intenções comprometedoras...

232 0

 

Ex-delegado da Polícia Federal enviou ofício para equipes de arbitragem pedindo para tomar cuidado e avisar a confederação caso ocorram contatos com intenções comprometedoras

Por Redação*                                                                      Foto: Rafael Ribeiro/CBF

O Corregedor de arbitragem da CBF, Edson Resende, ex-delegado da Polícia Federal, alerta, em ofício datado de 5 de junho, que há pessoas “estranhas” procurando os árbitros para “alcançar objetivos pretendidos a exemplo de manuseio de resultados”.

Leia trecho do ofício abaixo:

“Têm ocorrido contatos de terceiros, inclusive ex-árbitros, com componentes de equipes arbitragem designadas para atuarem em jogos de competições coordenadas pela CBF, com possíveis intenções comprometedoras.

Alguns destes contatos têm sido feitas por pessoas que já foram objeto de investigações e até punições por parte de órgãos competentes e com estas atribuições.

Nestes contatos procuram inserir a arbitragem em diálogos parecidos sem nenhuma conotação criminosa, mas que, na realidade, tentam passar a terceiros possíveis relacionamentos e amizades que levam a crer poderem alcançar objetivos pretendidos a exemplo de manuseio de resultados em partidas que VV.SSas. venham atuar.

Face isso recomendamos especial atenção caso venham a ocorrer contatos desta natureza, sejam via telefone, pessoalmente, utilizando terceiros etc. para que não sejam usados e vítimas de possíveis cometimentos de crimes.

Sempre que ocorrerem estes fatos procurem informar a estrutura de arbitragem da CBF…”

Com informações de Sálvio Spinola, da ESPN Brasil



No artigo

x