Joaquim Barbosa: “A decisão de me candidatar ou não está na minha esfera de deliberação”

Barbosa disse que está refletindo sobre o assunto, não ignora as pesquisas eleitorais, já conversou com Marina Silva, da Rede, e com o PSB, mas disse não saber "se decidiria dar este passo".

231 0

Barbosa disse que está refletindo sobre o assunto, não ignora as pesquisas eleitorais, já conversou com Marina Silva, da Rede, e com o PSB, mas disse não saber “se decidiria dar este passo”.

Da Redação*

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa admitiu nesta quarta-feira (7) a possibilidade de se candidatar à presidência da República, embora tenha ressaltado que “ainda hesita” em relação a isso.

Após solenidade, à tarde, no Supremo, quando foi descortinado o retrato dele na galeria de ex-presidentes da Corte, Barbosa disse que está refletindo sobre o assunto, não ignora as pesquisas eleitorais, já conversou com Marina Silva, da Rede, e com o PSB, mas disse não saber “se decidiria dar este passo”.

— Eu sou um cidadão brasileiro, um cidadão pleno, há três anos livre das amarras de cargos públicos, mas sou um observador atento da vida brasileira. Portanto, a decisão de me candidatar ou não está na minha esfera de deliberação. Só que eu sou muito hesitante em relação a isso. Não sei se decidirei positivamente neste sentido — disse o ex-ministro do Supremo.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

 



No artigo

x