No dia em que Globo perde jogo da seleção, PF faz operação contra vice da CBF

Operação Bola Fora fez buscas na casa de Gustavo Feijó, vice da confederação, em horário próximo ao de jogo contra a Argentina transmitido por outras emissoras e Facebook Na manhã desta sexta-feira, quase na mesma...

313 0

Operação Bola Fora fez buscas na casa de Gustavo Feijó, vice da confederação, em horário próximo ao de jogo contra a Argentina transmitido por outras emissoras e Facebook

Na manhã desta sexta-feira, quase na mesma hora em que a seleção brasileira jogava amistoso contra a Argentina, a Polícia Federal de Alagoas deflagrou a operação Bola Fora. O principal alvo foi Gustavo Feijó, vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol, CBF, e prefeito de Boca da Mata (AL).

Por coincidência, a operação foi no mesmo dia em que, pela primeira vez, a emissora carioca não transmitiu uma partida do futebol do Brasil. A confederação decidiu explorar por sua própria conta os direitos comercias da partida e o jogo passou no Facebook e em emissoras como o Canal Brasil e a TV Cultura.

Caixa 2 – Na operação foram cumpridos mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL) e cumpridos pela PF. A acusação é de que o vice de Marco Polo Del Nero recebeu recursos para campanhas eleitorais de entidades ligadas ao futebol. Na execução das buscas, o filho de Gustavo Feijó, Felipe, presidente da Federação Alagoana de Futebol, foi detido por posse ilegal de arma e solto após o pagamento de fiança. Dados que embasaram a operação foram colhidos na CPI do futebol, presidida pelo ex-jogador Romário.



No artigo

x