Professor da Uerj com salários atrasados faz protesto nas redes

A publicação já teve milhares de compartilhamentos e comentários de indignação contra a situação da Uerj e de seus funcionários e alunos.

401 0

A publicação já teve milhares de compartilhamentos e comentários de indignação contra a situação da Uerj e de seus funcionários e alunos.

Da Redação*

O professor da Uerj, Evandro Brum Pereira, postou nesta segunda-feira (12), um protesto contra o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) onde aparece com um cartaz e um prato vazio pedindo emprego. No cartaz ele diz que é professor da Uerj há 19 anos, tem pós-doutorado em Barcelona e está com o salário atrasado.

Evandro lembra ainda que, sem receber salários, docentes altamente qualificados da instituição estão passando por uma “situação catastrófica”.

“Estou postando uma foto que expressa a situação que estamos passando na Uerj, devido ao descaso total do (des)Governo do Estado do Rio de Janeiro em relação à nossa Instituição. O objetivo desta foto é ser divulgada nas redes sociais visando dar visibilidade ao caos que o Governo implantou em nossa Instituição. Se quiserem compartilhar será ótimo. Tirei essa foto também na rua e já causou impacto. Um senhor quis contribuir com dinheiro e expliquei que era só uma foto para divulgação”, escreveu o professor.

A publicação já teve milhares de compartilhamentos e comentários de indignação contra a situação da Uerj e de seus funcionários e alunos.

*Com informações do Jornal do Brasil

Foto: Reprodução Rede Social

 



No artigo

x