Ministro do Supremo cobra afastamento de Aécio Neves pelo Senado

Para Marco Aurélio Mello, decisão do Supremo tem de ser cumprida. Senado divulga nota dizendo que “aguarda informações complementares”   Por Redação    ...

253 0

Para Marco Aurélio Mello, decisão do Supremo tem de ser cumprida. Senado divulga nota dizendo que “aguarda informações complementares”

 

Por Redação                                                                                                  Foto: Carlos Humberto /SCO/STF

 

O Senado Federal continua descumprindo ordem do Supremo para afastar o senador Aécio Neves de suas funções. Por isso foi questionado pelo relator do processo, o ministro Marco Aurélio Mello, que declarou: “Enquanto não alterada a decisão judicial, ela tem que ser cumprida. Mas, como parece que nessa quadra é comum deixar-se de cumprir decisão judicial, tempos estranhos, tempos estranhos”.

Embora o Supremo tenha determinado o afastamento, o senador mineiro continua na lista de votação do Senado e, provavelmente, recebendo todas as verbas a que tem direito pelo mandato.

Para tentar se justificar, a direção do Senado soltou nota à imprensa em que afirma não ter descumprido decisão da Justiça, mas sim que “aguarda, com serenidade, informações complementares de como deve proceder para o cumprimento da referida decisão”.

Nas mãos do relator do processo no Supremo se encontram dois novos pedidos. A Procuradoria-Geral da República requereu novamente a prisão de Aécio. E o senador entrou com recurso para reassumir seu cargo. Marco Aurélio deve levar o caso para ser analisado na Primeira Turma do STF, no próximo dia 20.



No artigo

x