Temer e aliados tentam desqualificar Joesley, da JBS

Pequenas contradições entre depoimento e entrevista à revista Época serão usados para questionar delação de executivo. Presidente gravou vídeo antes de viagem para Rússia e Noruega que será divulgado hoje  ...

202 0

Pequenas contradições entre depoimento e entrevista à revista Época serão usados para questionar delação de executivo. Presidente gravou vídeo antes de viagem para Rússia e Noruega que será divulgado hoje

 

Por Redação   Foto: Beto Barata/PR

 

O próximo passo do presidente Temer e seus aliados para se manter no poder a todo custo será desqualificar o depoimento de Joesley Batista à Procuradoria Geral da República, PGR. Matéria e notas na coluna Painel, da Folha de S.Paulo, questionam a data em que Joesley teria conhecido o presidente e como se deu o contato dele com o deputado Rocha Loures (PMDB-PR), o homem da mala.

O presidente também gravou vídeo, antes de embarcar para viagem à Rússia e Noruega, que será divulgado nas redes sociais hoje, em que vai dizer, segundo divulgado nos meios de comunicação que estão ao lado do presidente, que as denúncias estão atrapalhando a recuperação da economia. E, sem citar nomes, vai mandar recados para Joesley e para a PGR.

A lógica é que Joesley acusa Temer para esconder seus delitos e evitar ser preso. Segundo a IstoÉ, a gravação foi feita depois de o presidente se reunir com alguns dos seus principais ministros, quando preparou não só a estratégia política para estes cinco dias que estará ausente do Brasil, mas também a estratégia jurídica. Entre as ações previstas está entrar com ação civil e criminal contra Joesley e preparar a defesa contra a possível denúncia da PGR.

Único projeto de Temer é se manter no poder – Temer e seu grupo venceram a primeira batalha e conseguiram não ser cassados no Tribunal Superior Eleitoral, com o voto decisivo do ministro Gilmar Mendes. Agora tentam desqualificar as denúncias de Joesley e preparam sua tropa de choque no Congresso para derrotar a denúncia da PGR e impedir ser denunciado no Supremo Tribunal Federal. O único projeto de Temer é se manter no poder para manter o fórum privilegiado e não precisar responder à série de denúncias contra ele e seu grupo.



No artigo

x