PF faz operação em busca de 149 joias da esposa de Cabral, absolvida por Moro

Operação ocorre nesta manhã no Rio de Janeiro. As buscas estão sendo feitas em casa de irmã de Adriana Ancelmo, esposa do ex-governador do Rio, e no endereço de uma governanta que trabalhou para...

261 0

Operação ocorre nesta manhã no Rio de Janeiro. As buscas estão sendo feitas em casa de irmã de Adriana Ancelmo, esposa do ex-governador do Rio, e no endereço de uma governanta que trabalhou para o casal 

 

Por Redação       Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

 

A Polícia Federal está fazendo nesta manhã operação de busca e apreensão, em dois endereços, de cerca de 149 joias compradas pelo ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral e de sua esposa, Adriana Ancelmo que não encontradas em operações anteriores. O alvo são uma irmã de Adriana e uma governanta que trabalhou para o casal. Nas investigações foi identificada a compra de 189 joias pelo casal com a provável intenção de lavar dinheiro de propina, mas apenas 40 foram recuperadas.

 

 

O ex-governador encontra-se preso em Curitiba pela operação Lava Jato, mas sua esposa foi absolvida “das imputações de crime de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro por falta de prova suficiente de autoria ou participação”, segundo a sentença do juiz Sergio Moro. Moro já adotara a mesma prática no caso de Eduardo Cunha, condenou o marido e absolveu a esposa por falta de prova, mesmo as mulheres tendo acesso aos recursos das propinas ou ao fruto da possível lavagem de dinheiro, como no caso das joias de Adriana Ancelmo.

 

Em operações anteriores, a Polícia Federal apreendeu vestidos de festa de Adriana, obras de arte e uma lancha avaliada em R$ 5 milhões. O advogado de Adriana declarou nesta manhã que ainda não dispunha de informações sobre a operação



No artigo

x