“Queridinho” da elite paulistana, Shopping Higienópolis será investigado por racismo institucional

O local, frequentado por ricos da cidade de São Paulo, foi palco recentemente de um episódio de racismo contra uma criança negra, filho de um jornalista branco. Relembre  Por Redação ...

378 0

O local, frequentado por ricos da cidade de São Paulo, foi palco recentemente de um episódio de racismo contra uma criança negra, filho de um jornalista branco. Relembre 

Por Redação 

O Shopping Pátio Higienópolis, um dos mais tradicionais entre a elite paulistana, será investigado por racismo institucional. De acordo com a jornalista Mônica Bergamo, a Promotoria de Justiça de Direitos Humanos de São Paulo abriu inquérito contra o shopping após uma denúncia de racismo feita por um jornalista no início do mês.

Conforme noticiou a Fórum, Enio Squeff realtou, pelo seu Facebook, que estava tomando café no shopping com seu filho de 7 anos, que é negro, quando foi abordado por uma segurança, que perguntou se queria que retirasse a criança do local pois teria ordens de evitar que mendigos incomodassem clientes.

“Lamentável – mas talvez explicável. Os capitães do mato vicejam no terreno fértil do racismo, que, por sua vez, se escora na extrema direita. Não é por nada, aliás, que 70% dos jovens assassinados no Brasil, sejam negros”, escreveu o jornalista à época.

Em nota, a administração do shopping informou que “todos os frequentadores são e serão bem-vindos, sem qualquer tipo de “discriminação”.

Relembre o caso aqui.

 

 



No artigo

x