Gafe histórica em vídeo: Assista ao momento em que Temer fala do interesse dos “soviéticos” no Brasil

Não bastou dizer na agenda oficial que Temer visitaria a União Soviética. O próprio presidente ainda reafirmou, nesta segunda-feira (25), que há interesse de “empresários soviéticos” no país, para o desespero dos direitistas que...

250 0

Não bastou dizer na agenda oficial que Temer visitaria a União Soviética. O próprio presidente ainda reafirmou, nesta segunda-feira (25), que há interesse de “empresários soviéticos” no país, para o desespero dos direitistas que acreditam que há uma invasão comunista no Brasil 

Por Redação 

Antes e durante as campanhas pelo impeachment da presidenta Dilma Rousseff, os mais lunáticos pregavam que os comunistas estavam se implantando no Brasil através de entidades como o Foro de São Paulo e por partidos e figuras como Dilma, Lula e o PT. Esses lunáticos, depois da gafe cometida nesta segunda-feira (25) pelo presidente Michel Temer, devem estar aterrorizados, já que o chefe do Executivo afirmou que “empresários soviéticos” estariam interessados em investir no Brasil.

“Estive agora recentemente em Moscou, na Rússia, e depois na Noruega, e verifiquei o interesse extraordinário dos empreendimentos soviéticos, o deputado [Darcísio] Perondi lá esteve em nossa comitiva, e nós pudemos verificar o interesse extraordinário de empresários soviéticos e noruegueses no nosso país, pelo que está acontecendo no país”, disse Temer em pronunciamento. A União Soviética foi extinta em 1991.

Uma prévia da gafe já havia sido dada na semana passada quando, na agenda oficial do presidente, o Planalto registrou uma viagem para a “República Socialista Federativa Soviética da Rússia”.

Confira, no vídeo abaixo, o momento em que Temer fala dos “soviéticos”.



No artigo

x