Governo Doria decide multar organizadores de evento de skatistas depois de atropelamento

A alegação é que entidades começaram o evento antes da hora. Mas vídeos mostram que as vias já estavam interditadas quando automóvel invadiu a Rua Augusta e atropelou skatistas Por Redação    Foto: Eduardo Ogata/Secom...

3185 0

A alegação é que entidades começaram o evento antes da hora. Mas vídeos mostram que as vias já estavam interditadas quando automóvel invadiu a Rua Augusta e atropelou skatistas

Por Redação    Foto: Eduardo Ogata/Secom

Depois de um motorista entrar em alta velocidade e atropelar skatistas da Rua Augusta, no último domingo (25), a administração do prefeito João Doria, em São Paulo, decidiu multar as entidades que organizaram o evento. A Regional da Sé estipulou multa de cerca de R$ 20 mil para a Go Skate Day e a Element Skateboards Brasil. A alegação é que o horário do evento foi antecipado, pois estaria previsto para começar às 10h da manhã e os atropelamentos teriam acontecido às 9h48.

A questão é que os vídeos que registraram os atropelamentos (assista aqui) mostram claramente que as vias já estavam interditadas pela CET quando o automóvel invade a Rua Augusta ferindo diversas pessoas. A própria CET, que pertence à Prefeitura, informou que interditou as vias para a passagem do grupo e que a Rua Augusta, especificamente, ficou fechada para os automóveis das 9h20 às 11h.

As entidades vão recorrer da multa.

O que Doria tem a ver com o atropelamento dos skatistas

Artigo na Fórum, publicado ontem, mostra como o individualismo e a cultura do carro personificados no atual prefeito ajudam a explicar o o que ocorreu: “Atropelar skatistas em uma rua interditada, com o carro em alta velocidade, não é um caso isolado se levarmos em consideração a quantidade de atrocidades do tipo que acontecem quase diariamente em uma cidade governada por um prefeito que se veste de piloto de Fórmula 1, que teve a Carteira de Habilitação suspensa por conta de multas de excesso de velocidade e que aumentou a velocidade máxima permitida nas principais vias da cidade, ocasionando um aumento do número de acidentes e indo contra toda e qualquer estatística de melhora no trânsito ou de preservação de vidas.” Laia na íntegra aqui.



No artigo

x