Romário e Alvaro Dias se filiam ao “Podemos”, partido que já foi de Pitta

“Podemos” é o novo nome do Partido Trabalhista Nacional, o PTN, que era a legenda de Celso Pitta, considerado o pior prefeito da história de São Paulo  Por Redação ...

1176 0

“Podemos” é o novo nome do Partido Trabalhista Nacional, o PTN, que era a legenda de Celso Pitta, considerado o pior prefeito da história de São Paulo 

Por Redação 

O Partido Trabalhista Nacional (PTN), que em 1960 elegeu Jânio Quadros mas que nos anos 90 teve como principal nome Celso Pitta, considerado o pior prefeito que São Paulo já teve, mudou de nome e agora se chama Podemos. Não há, no entanto, qualquer relação com o “Podemos” espanhol, de viés de esquerda e progressista. Pelo contrário, de acordo com a cúpula da legenda, a inspiração do Podemos brasileiro é o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

O PTN repaginado já tem dois nomes de bom apelo eleitoral para as eleições de 2018: os senadores Romário (PSB-RJ) e Alvaro Dias (PV-PR). Ambos estão em processo de desfiliação de seus partidos e devem oficializar a filiação ao Podemos no sábado (1), durante o evento de “lançamento” do partido, em Brasília.

“Escolhi o Podemos porque o partido apresenta um modelo de fazer política mais conectado com a sociedade atual, que quer participar de forma direta e não se identifica mais com a velha política. O Podemos não se intitula nem de esquerda nem de direita, é um partido que trabalha com causas”, escreveu Romário, nesta quarta-feira (28), em sua página do Facebook.

Alvaro Dias deve ser o candidato da “nova” sigla à presidência da República no próximo pleito.

Mais um partido para adotar o discurso da “nova política” e que não é “nem de esquerda, nem de direita”.

 



No artigo

x