Símbolo do golpe, pato amarelo é queimado em frente a Fiesp, em São Paulo

A ação aconteceu no ato de apoio à greve geral contra as reformas de Temer, que ocorre neste momento na avenida Paulista, em São Paulo. Assista  Por Redação ...

494 0

A ação aconteceu no ato de apoio à greve geral contra as reformas de Temer, que ocorre neste momento na avenida Paulista, em São Paulo. Assista 

Por Redação 

O pato amarelo, que se tornou símbolo do golpe contra a presidenta Dilma Rousseff no ano passado, foi queimado nesta sexta-feira (30) em frente ao prédio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), responsável pela campanha “Não vou pagar o pato”.

A ação foi organizada por manifestantes que compõem o ato de apoio à greve geral que acontece neste momento na avenida Paulista, em São Paulo. Milhares de pessoas protestam contra as reformas trabalhista e da Previdência capitaneadas pelo governo de Michel Temer.

Há, no ato, forte aparato policial e ao menos nove jovens foram detidos, sem motivos aparentes, pela Polícia Militar.

Confira o momento em que o pato foi queimado.



No artigo

x