Doria fecha Alôca, casa noturna símbolo do movimento LGBT em SP

Prefeitura “emparedou” casa noturna alegando reclamações dos vizinhos numa casa noturna que funciona há 22 anos, subprefeito da Sé diz que local “ignora princípios mínimos de civilidade”  ...

638 0

Prefeitura “emparedou” casa noturna alegando reclamações dos vizinhos numa casa noturna que funciona há 22 anos, subprefeito da Sé diz que local “ignora princípios mínimos de civilidade”

 

Por Redação

 

A administração João Doria fechou, no último sábado, o clube Alôca, casa noturna que funcionava na esquina das ruas Frei Caneca e Peixoto Gomide e era símbolo do movimento LGBT em São Paulo. Há 22 anos no mesmo local, a alegação do subprefeito da Sé, Eduardo Odloak, foi que o fechamento ocorreu após fiscalização por “reclamações de vizinhos”. Mas disse também que o clube “ignora princípios mínimos de civilidade”.  O entrada do clube foi lacrada com tijolos.

Veja postagem do twitter do subprefeito:
Seguir
Eduardo Odloak ✔ @odloak
? Acabamos de interditar (e emparedar) uma conhecida boate da Frei Caneca, a “Alôca”. Ignoravam princípios mínimos de civilidade em #SP!
14: 20 – 8 Jul 2017 · Sao Paulo, Brazil

 

Em seu Facebook, o clube Alôca fez duas postagens sobre o fechamento. Numa deles agradece a solidariedade:

“Aníbal e staff do clube alôca ,agradece as mensagens e mesmo diante do ocorrido comemora e brinda simbolicamente os 22 anos que alôca completa hoje. ..desejando a todos uma boa balada e ansioso para nos vermos de novo ….ótimo sábado. …”

Em outro fala das medidas que estão sendo tomadas para a reabertura do clube:

“Gente estamos com nossa equipe trabalhando para reabrir em breve e com o ânimo das msg positivas que voces estao mandando…obrigado pelo carinho …as adversidades serão superadas e faremos uma grande festa ,e chato ver aloca lacrada e também um ou outros fazendo piadinhas ….mas para nos o foco são vocês que nos prestigia (sic) e fazem parte da nossa história. …o resto são micro organismos necessários para a cadeia alimentar ….boa noite galera”

 

 



No artigo

x