Governo joga fora R$ 100 milhões em publicidade pela reforma da Previdência

Gastos foram feitos de janeiro a junho, no momento em que faltam recursos para passaportes e gasolina para a polícia rodoviária. Mesmo com gasto recorde, mais de 70% da população é contrária à reforma e popularidade...

252 0

Gastos foram feitos de janeiro a junho, no momento em que faltam recursos para passaportes e gasolina para a polícia rodoviária. Mesmo com gasto recorde, mais de 70% da população é contrária à reforma e popularidade do presidente é a mais baixa da história

 

Por Redação     Foto Fotos: Edu Guimarães/SMABC/FotosPúblicas

 

Dados levantados pelo UOL, com base na lei de acesso à informação, mostram que o governo Temer torrou R$ 100 milhões este ano com publicidade para defender a reforma da Previdência, dez vezes mais do que o previsto no orçamento da campanha e cinco vezes mais do que em anúncios na aprovação da reforma do teto do gasto, no ano passado. Desse total, mais da metade, R$ 54,7 milhões, foram para as TVs.

E esses gastos vêm num momento em que o governo está quebrado, sem dinheiro para a Polícia Federal emitir passaportes, para a Polícia Rodoviária pagar combustíveis e que programas sociais como o Bolsa Família sofrem cortes em seu reajuste.

MAs o dinheiro acabou jogado fora. Mesmo com esses R$ 100 milhões, a popularidade do governo é a mais baixa da história, segundo o Datafolha de maio a rejeição ao presidente chegou a 94%. Pesquisa feita no final de abril deste ano também mostra que 71% da população são contrários à Reforma da Previdência. O dinheiro serviu apenas para pagar pelo apoio dos grandes meios de comunicação à reforma e ao governo.

 



No artigo

x