Mulheres tomam a mesa, e presidente do Senado interrompe sessão da reforma trabalhista

As senadoras Gleisi Hoffmann (PT-PR), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN), Lídice da Mata (PSB-BA) e Regina Sousa (PT-PI)  assumiram a mesa que coordenava os trabalhos da reforma trabalhista. Presidente do Senado, Eunício Oliveira,...

1781 0

As senadoras Gleisi Hoffmann (PT-PR), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN), Lídice da Mata (PSB-BA) e Regina Sousa (PT-PI)  assumiram a mesa que coordenava os trabalhos da reforma trabalhista. Presidente do Senado, Eunício Oliveira, suspendeu sessão e transmissão da TV Senado enquanto não saírem. Assista transmissão ao vivo

Por Redação

Na manhã desta terça-feira (11), as senadoras Gleisi Hoffmann (PT-PR), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN), Lídice da Mata (PSB-BA) e Regina Sousa (PT-PI) assumiram, antes do início dos trabalhos a da votação da reforma trabalhista, a mesa que coordenava os trabalhos. Elas abriram a sessão e ficaram se revezando ao microfone, fazendo discursos contra a reforma. A sessão estava sendo transmitida ao vivo pela TV Senado.

Então, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, tentou tomar o microfone das senadoras, suspendeu a sessão e a transmissão da TV Senado. Mandou também apagar a luz e cortar o som do plenário, além de ameaçar prender os funcionários que ficassem no plenário.

Desde então as senadoras continuam ocupando a mesa. Assista aqui a transmissão ao vivo:

Absurdo!! Cortaram até a luz do Congresso e impedem a entrada de trabalhadores e sindicatos na Casa. Desrespeito total com os brasileiros. Vamos continuar resistindo! Deputad@s se somam à luta.

Publicado por Gleisi Hoffmann em Terça-feira, 11 de julho de 2017

Senadores da base do governo estão ainda sem saber o que fazer e articulando transferir a votação para outro auditório do Senado.



No artigo

x