Lula: ‘disse pro Moro, você não pode me absolver depois de 20 horas de acusação no Jornal Nacional’

Em coletiva hoje na sede do PT, ex-presidente Lula afirma que sabia que não seria absolvido porque depois que contam uma mentira precisam falar várias outras. E que o próprio Moro dizia que precisava...

1387 0

Em coletiva hoje na sede do PT, ex-presidente Lula afirma que sabia que não seria absolvido porque depois que contam uma mentira precisam falar várias outras. E que o próprio Moro dizia que precisava da cobertura da imprensa para condenar

 

Por Redação

 

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira sobre sua condenação pelo juiz Sérgio Moro, o ex-presidente Lula falou que já sabia que seria condenado porque depois que contaram a primeira mentira tinham de continuar com outras, referindo-se à posse do apartamento do Guarujá que saiu na imprensa, virou denúncia do Ministério Público e acabou servindo para Moro condená-lo. “Meus acusadores sabem que não roubei, mas não podem admitir ou recuar. Tornaram-se reféns das mentiras que publicaram. Estão condenados a me condenar.”

Em outro trecho afirmou que o próprio Moro ficou falando que “precisava da cobertura da imprensa, senão não conseguiria condenar.” E disse que em seu depoimento afirmou ao juiz: “Você não pode me absolver pelo que vocês já falaram, depois de mais de 20 horas no Jornal Nacional e de mais de 50 capas da revista Veja”. E provocou dizendo que os tucanos não resistiram a uma capa da revista, caindo todos.

Analisando a situação política também afirmou que o golpe dado contra a ex-presidente Dilma não fecharia sem sua condenação. “Sempre tive consciência que se o Lula pudesse ser candidato o golpe não fechava. A sentença de ontem tem componente político muito forte, há uma tentativa de me tirar do jogo político.”

E desafiou, “se alguém pensa que com essa sentença me tiraram jogo, podem saber que estou no jogo, A partir de agora vou cobrar de meu partido o direito de me colocar como candidato a presidente.”

 



No artigo

x