Mônica Iozzi desanca Gilmar Mendes e a Capital Federal: “Brasília Fede”

Em participação no programa “Conversa com Bial”, a atriz comentou sobre o processo que sofreu de Gilmar Mendes e os assédios nos corredores do poder: “Quem é você, gostosinha? E ficam tentando colocar a mão em você. Você tem que se colocar muito”.

260 0

Em participação no programa “Conversa com Bial”, a atriz comentou sobre o processo que sofreu de Gilmar Mendes e os assédios nos corredores do poder: “Quem é você, gostosinha? E ficam tentando colocar a mão em você. Você tem que se colocar muito”.

Da Redação*

Em entrevista para o programa “Conversa com Bial”, nesta quarta-feira (12), a atriz Mônica Iozzi comentou sobre o caso em que foi condenada a pagar indenização de R$ 30 mil ao Ministro Gilmar Mendes, após post crítico a uma decisão do juiz, publicado em sua conta no Instagram.

“Foi um post. O ministro deu um habeas corpus para o médico Roger (Abdelmassih), condenado há mais ou menos 200 anos de prisão porque teve 40 estupros comprovados. Eu, como mulher… aquilo me indignou de uma maneira e foi na mesma época que surgiram casos de estupros coletivos, então você vendo uma situação daquelas… Eu não me contive e fiz o post”, disse.

Ainda sobre Gilmar, ela revelou que o ministro do STF tentou acordo que ela rejeitou. “Ele me propôs alguns acordos, como um post de retratação. Eu falei não. Eu não sou rica, mas eu pensei ‘eu vendo o meu apartamento, mas eu não vou fazer um acordo com esse homem’.”, completou.

A atriz falou também sobre o tempo em que foi repórter do programam CQC, em Brasília e, sobretudo, sobre o assédio que sofria.

“Horrível o que vou falar, mas Brasília fede. Os corredores do Congresso são de carpete, não tem ar condicionado, é aquela temperatura, aqueles homens com aqueles ternos, vai ficando um negócio fedido, sei lá. Primeira dica é respire pela boca porque lá é terrível”

“Saiba lidar com cantadas pesadas de lá. Muitas vezes eles usam o assédio sexual como assédio moral, entende? Quem é você, gostosinha? E ficam tentando colocar a mão em você. Você tem que se colocar muito”.

“Se você for repórter lá, estude muito. A gente tem a mania de jogar os políticos no mesmo saco, a grande maioria é corrupto, mas tem muita gente boa que se esforça lá dentro”.

*Com informações do Conversa com Bial

Foto: Reprodução YouTube

 



No artigo

x