Evento do MP-RJ pode ter Kim Kataguiri para palestrar sobre segurança pública

O líder do MBL, que já foi pego na mentira em inúmeras ocasiões ao dar informações falsas sobre segurança pública, seria um dos convidados do evento para falar sobre o assunto. Um dos debates,...

262 0

O líder do MBL, que já foi pego na mentira em inúmeras ocasiões ao dar informações falsas sobre segurança pública, seria um dos convidados do evento para falar sobre o assunto. Um dos debates, ainda, seria sobre “bandidolatria”

Por Redação 

O Ministério Público do Rio de Janeiro marcou, para o dia 15/09, o evento “Segurança Pública como direito fundamental”, que contará com palestras e mesas de debate.

Fórum recebeu de uma fonte ligada ao evento um flyer com uma programação, que já está circulando nas redes sociais. Entre os convidados para palestrar, constam nomes de procuradores e promotores de Justiça, do diretor do “Instituto Liberal”, Alexandre Borges e, o mais peculiar, de Kim Kataguiri, líder do Movimento Brasil Livre (MBL) – o grupo que promoveu a maior parte das manifestações pelo impeachment de Dilma Rousseff e de “apoio” a Sérgio Moro.

O que mais chama a atenção na suposta presença de Kim Kataguiri no evento é a sua rasa propriedade para falar sobre segurança pública. Em inúmeras ocasiões, o jovem divulgou dados falsos sobre o tema em vídeos postados na internet. Em um deles ele é desmascarado pela sessão de checagem da Agência Pública, quando fala sobre a quantidade de presos que ganham a liberdade antes de concluir a pena no país. Ao ser confrontado com o questionamento dos jornalistas, o grupo de Kim Kataguiri respondeu o e-mail com a foto de uma escultura de pênis com a mensagem “check this”.

O evento, de acordo com a programação que está circulando, teria ainda uma mesa de debate sobre “bandidolatria”.

Fórum entrou em contato com o MP-RJ para confirmar a programação em questão mas a assessoria de imprensa não confirmou os convidados, informando que “em breve” dará mais informações sobre o evento. No site do órgão há o evento na agenda, mas sem a programação.

 



No artigo

x