Policial Militar é filmado agredindo soldado da aeronáutica

O vídeo mostra quando o soldado da Aeronáutica, de camiseta e boné, tenta se aproximar do carro e os policiais tentam impedi-lo. Eles começam a discutir e o militar coloca um dedo no peito do policial; o PM reage e o agride com tapas...

291 0

O vídeo mostra quando o soldado da Aeronáutica, de camiseta e boné, tenta se aproximar do carro e os policiais tentam impedi-lo. Eles começam a discutir e o militar coloca um dedo no peito do policial; o PM reage e o agride com tapas no rosto. Veja aqui o vídeo.

Da Redação*

Câmeras de segurança flagraram o momento em que um soldado da aeronáutica leva tapas no rosto de um policial militar e é levado à delegacia de Santa Teresa, na região Serrana do Espírito Santo. O fato aconteceu na noite deste sábado (15).

O vídeo mostra quando o soldado da Aeronáutica, de camiseta e boné, tenta se aproximar do carro e os policiais tentam impedi-lo. Eles começam a discutir e o militar coloca um dedo no peito do policial; o PM reage e o agride com tapas no rosto.

Após a agressão, o vídeo é encerrado com os policiais saindo com o militar da Força Aérea Brasileira.

O soldado foi levado para a delegacia, assinou um termo circunstanciado por desacato e foi liberado.

De acordo com o soldado da Aeronáutica, que pediu para não ter o nome divulgado, ele passava de carro quando os policiais o abordaram.

Ele afirma que se identificou como militar, estacionou e desceu do veículo. Foi quando os PMs pediram que ele ficasse de costas e abrisse as pernas para ser revistado. Neste momento, ele afirma ter sido chutado na perna por um dos policiais.

O militar reclamou da violência da abordagem, pois não teria impedido a revista. Os policiais decidiram revistar o veículo e o militar da Aeronáutica pediu para acompanhar a revista, mas segundo ele foi impedido.

“Fui algemado e levado à delegacia. Foi feito um boletim de ocorrência por desacato”, afirmou o militar. Ele contratou um advogado e disse que busca Justiça.

Outro lado

Procurada, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que a Corregedoria da PM adotará as providências cabíveis para apurar os fatos.

Já a assessoria da Polícia Civil disse que o soldado da Aeronáutica assinou um termo circunstanciado por desacato e foi liberado.

Em uma rede social, o policial que teria agredido o militar da Aeronáutica fez uma postagem em que afirma que, enquanto for policial, vai trabalhar para manter a ordem em Santa Teresa.

*Com informações do G1



No artigo

x